Tags

, , , , , ,

MONTAGEM: Paula Carvalho FOTOS: Divulgação

Coceira e vermelhidão no pescoço, mãos e braços; inchaço nas pálpebras e coceira nas cutículas. Esses são os principais sintomas de quem tem alergia a esmalte. Cuidado, se você está sentindo isso, pode ter algo a ver com o esmalte que você está usando.

Os esmaltes convencionais contém três substâncias que podem causar alergia: tolueno, DBP e formaldeído. Essas substâncias são importantes para manter o brilho e a fixação do esmalte, mas não podem ser usados jamais por quem tem alergia.

Foi pensando nisso que as principais marcas decidiram investir em esmaltes hipoalergênicos, esmaltes a base de água. No início, eram lançados poucas opções de cores, e todos com preços bem salgados. Para se ter uma idéia, uma marca nacional pode chegar a vender um esmalte hipoalergênico por até 9 reais. Mas agora, podemos perceber que algumas marcas que já vendem esmaltes convencionais sem essas substâncias, como Ludurana, Colorama e Argento. Esses esmaltes geralmente tem preços mais acessíveis.

MONTAGEM: Paula Carvalho FOTOS: Divulgação

Se você é fã dos esmaltes CHANEL, muito cuidado. Apesar de ser a primeira no lançamento de cores, a marca ainda não aderiu a esses cuidados. Agora que você já está informada sobre o problema, pode curtir o verão com cores diferentes e sem se preocupar com alergia nenhuma.

Anúncios